Noticias

21/06/2011

Projeto que obriga GPS para serviços de zeladoria urbana é aprovado na CCJ

Foi aprovado hoje na hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de São Paulo o projeto de lei 61/2011, de autoria do vereador Floriano Pesaro, que obriga o uso de GPS para serviços de zeladoria urbana.
O objetivo do projeto é monitorar por GPS os veículos utilizados nos serviços como poda de árvore, varrição de ruas, tapa-buracos e limpeza de bueiros, a fim de dar mais agilidade e aumentar a fiscalização na sua execução.
“A implantação de monitoramento utilizando informações georreferenciadas permite um controle em tempo real, com exatidão, de onde está sendo prestado o serviço ao contribuinte”, explica Floriano Pesaro. “Ao criar indicadores para esses serviços, o monitoramento é uma ferramenta que traz transparência e permite ao cidadão avaliar a sua qualidade, além de ser uma forma do Legislativo fiscalizar o Executivo.”
São considerados serviços de zeladoria urbana, poda e remoção de árvores, corte de grama, manutenção de áreas ajardinadas, limpeza de boca de lobo, varrições, limpeza de galerias e de córregos, pintura antipichação, tapa-buraco, combate à poluição sonora e visual, mobiliário urbano, fiscalização de comércio, manutenção de banheiros públicos, entre outros.
O cruzamento das informações georreferenciadas com as informações de alguns setores importantes de nossa cidade, como a coleta de lixo e transportes metropolitanos, podem auxiliar na redução de acidentes e, também, no controle das atividades contratadas pela administração municipal. Além de garantir por meio de indicadores de desempenho a transparência pública nos serviços de zeladoria.

Essa medida representará um avanço importante para nosso município que pelo uso da tecnologia ganhará em eficiência e eficácia. Ademais permitirá a criação de indicadores de desempenho, necessários para a realização de planejamento e dar maior publicidade aos serviços prestados a população.