Noticias

17/12/2012

Revista Shalom – PERSONALIDADE DO ANO – Floriano Pesaro

Durante mais de 20 anos, a comunidade judaica paulistana esteve carente de representantes na Câmara dos Vereadores. Foram algumas eleições, com muitos candidatos, pouca unidade e o resultado: nenhum judeu era eleito.

Em 2008 as coisas mudaram, o sociólogo Floriano Pesaro, com um grande apoio da Comunidade Judaica, a qual ele pertence, foi eleito vereador.
Floriano sempre teve grande admiração pela cultura e tradição judaica. Desde muito cedo, os ensinamentos de seus avós Umberto e Gabriela Cohen Pesaro, judeus oriundos de Milão, ecoaram em sua alma, criando um interesse profundo por suas raízes ancestrais. Quando adolescente, Floriano criou um círculo social inestimável de amigos da comunidade, tanto nos colégios que freqüentou quanto na Hebraica, que o aproximaram ainda mais do judaísmo e de nossa força como povo.

Entretanto, foram nestes últimos 4 anos de atividade política, que Floriano teve o privilégio de conviver de maneira mais próxima com a comunidade como um todo, de seus líderes, de seus sábios, de seus cidadãos comuns.

Em seu gabinete, contou com dedicados assessores que o estimularam e orientaram permitindo que ele então conhecesse melhor nossos dilemas, nossas necessidades, nossas festas maiores e menores, o tornando capaz de ser o porta-voz desta parcela tão inportante da população de nossa cidade.

Sua jornada política o permitiu também aliar duas bandeiras valiosas que, na verdade, são entrelaçadas desde os tempos bíblicos. A convivência próxima com grandes mentes judaicas propiciou que Floriano contasse que os princípios básicos de ação social fazem parte dos preceitos intrínsecos de nossa tradição.

Palavras nobres como tzedaká, guemilut chassidim e um conceito tão primordial como o de tikun olam identificam o caráter de ação social de nossa comunidade e que representam o que Floriano Pesaro acredita como sociólogo que é e foi membro do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, do Ministério da Justiça, membro do Conselho Nacional de Assistência Social, além de Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, que foi até o final de 2008.

Assim, ele teve a oportunidade de ajudar as obras sociais de nosso município, mas com carinho especial para as instituições de nossa comunidade.
Como representante do povo judeu, nestes 4 anos de mandato, sua voz se fez presente também para repudiar todo e qualquer ato de antissemitismo que tivesse ocorrido aqui ou em qualquer lugar do mundo. Mais ainda, sempre que Israel necessitou, se colocou a disposição para que não nos tornássemos vulneráveis nas searas municipal, estadual e federal. Nossas instituições foram lembradas e homenageadas e nossas datas sagradas tiveram seu espaço em nossa nobre Casa Legislativa.

Floriano Pesaro costuma dizer que tem como premissa que para que a coexistência prevaleça devemos vestir a pluralidade com a particularidade. “Quando os outros nos conhecerem plenamente, nossas tradições, nossos costumes, nossas motivações, nossas necessidades e nós os conhecermos, é que nos entenderemos e nos respeitaremos”.

O povo judeu se estabeleceu há tempos em São Paulo efaz parte ativa do tecido social desta cidade. Seus aneseios, sua identidade, suas raízes precisam ser conhecidas e respeitadas.

Em outubro deste ano, novamente com forte apoio da Comunidade Judaica, Floriano Pesaro recebeu a sua aprovação através das urnas, prometendo honrar, com sua alma, mente e coração, cada um dos 37.780 votos que garantiram sua reeleição.

Nós estaremos aqui para acompanhar e fiscalizar, mas hoje não podemos deixar de homenagear este homem que além de grande representante do povo judeu, é fundamental para a cidade de São Paulo, afinal, a pesquisa realizada pela ONG Voto Consciente elegeu Floriano Pesaro como o segundo melhor vereador da capital paulista na última legislatura.

Parabéns e Muito Obrigado, Vereador Floriano Pesaro.

Jairo Roizen