Discursos

06/08/2013

05/10/2010 – Governo austero e responsável de Alckmin

O SR. FLORIANO PESARO (PSDB) – Sr. Presidente, Srs. Vereadores, ainda na ressaca e na depuração do processo eleitoral, verdadeira festa da democracia no Brasil, estamos felizes pelos resultados positivos que, creio, todos tiveram no último domingo, especialmente o povo de São Paulo, o paulista, que soube mais uma vez deixar clara e registrada a sua preferência.

O eleitor paulista mostrou que vota de forma pragmática, nesta quinta vitória consecutiva de um tucano para o Governo do Estado, prolongando a vigência do mesmo estilo de administração para dois decênios. Deu mais uma vez o seu aval, sem a necessidade de repensá-lo em eventual segundo turno, que não seria necessário, pois o povo paulista conhece bem o governo que tem.

O estilo austero e responsável das administrações tucanas, inaugurado pelo saudoso Governador Mário Covas, de quem o governador eleito neste momento, Geraldo Alckmin, como seu vice aprendeu as lições e pôde, dessa forma, comportar-se ao longo dos governos com austeridade, responsabilidade, olho no futuro, acreditando que São Paulo é, de fato, a grande locomotiva da Nação.

O PSDB vem realizando um governo cada vez mais próximo da Prefeitura de São Paulo. Essa aliança tem sido benéfica para a cidade e para o Estado. Nós, os Vereadores, devemos ter uma preocupação especial com o dia a dia da cidade e com seus recursos, mas não podemos esquecer que os governantes no nível estadual e federal fazem toda a diferença, seja pelo repasse de recursos fundo a fundo, seja pelas parcerias estratégicas, seja pelo reconhecimento de que São Paulo cidade e São Paulo Estado, de fato, são duas regiões estratégicas para o desenvolvimento do País.

O Governador Geraldo Alckmin soube mostrar isso claramente, tanto na campanha eleitoral como em seu dia a dia de político, quando demonstrou que, enquanto o Brasil crescia 4%, São Paulo crescia 5%; quando o Brasil cresceu 5%, São Paulo cresceu 6% e, dessa forma, São Paulo vem tendo um crescimento expressivo econômico e de desenvolvimento social. Mais que isso, afinal, São Paulo é um Estado que, para quem vem de outros Estados, sente-se no primeiro mundo do ponto de vista do desenvolvimento técnico; tecnológico; em relação às estradas, que são as melhores do continente americano, pelo menos da América do Sul, são as melhores do Brasil. Com relação a toda nossa rede de assistência hospitalar, os melhores hospitais do Brasil estão em São Paulo e os melhores indicadores educacionais.

Enfim, é São Paulo dando o exemplo para o Brasil do bom Governo, de como se deve governar com austeridade, responsabilidade e pragmatismo, como diz o editorial do Jornal da Tarde de hoje: “Com Alckmin ganham a austeridade e a parceria” e diz mais: “O eleitor paulista consagra o estilo gestor inaugurado por Covas e a parceria entre o Estado e a Prefeitura, entre o Prefeito Gilberto Kassab e o Governador eleito Geraldo Alckmin, que muito fará bem para a cidade de São Paulo.”

Cumprimento meus pares, os Srs. Vereadores eleitos nesse último pleito, no domingo. Mostro a importância que esta Casa Legislativa tem para o processo eleitoral e democrático, a força que os Srs. Vereadores têm, de todos os partidos políticos, junto ao povo. Foi essa proximidade que garantiu que oito dos nossos pares fossem eleitos e que os demais, os que concorreram, chegassem muito perto da vitória, mas são, neste momento, os primeiros suplentes. Parabenizo esta Casa, os nossos suplentes e futuros Senadores: Vereador Antonio Carlos Rodrigues, Presidente desta Casa e eleito junto com a Senadora Marta Suplicy e a Vereadora Marta Costa, que tem nome de Senadora. Parabenizo os dois Srs. Vereadores e toda esta Casa pela demonstração política e de força que tem de proximidade junto ao povo paulistano.

Muito obrigado, Sr. Presidente.