Projetos de Lei

11/06/2014

PL 291/2014 – “Denomina Rua Mary Sarkis Maldaun, o logradouro público inominado, localizada com início na confluência entre as ruas Joaquim Floriano e Iguatemi e com término na Rua Horácio Lafer (Setor 299 e Quadra 14), Distrito do Itaim Bibi, Subprefeitura de Pinheiros, e dá outras providências.”

Projeto de Lei

PROJETO DE LEI Nº291/2014

“Denomina Rua Mary SarkisMaldaun, o logradouro público inominado, localizadacom início na confluência entre as ruasJoaquim Floriano e Iguatemi e com término na Rua Horácio Lafer (Setor 299 e Quadra 14), Distrito do Itaim Bibi, Subprefeitura de Pinheiros, e dá outras providências.”

A Câmara Municipal de São Paulo D E C R E T A :

Art. 1ºFica denominada Rua Mary SarkisMaldaun, o logradouro público inominado, localizadano início na confluência entre as ruas Joaquim Floriano e Iguatemi e término na Rua Horácio Lafer (Setor 299 e Quadra 14), Distrito de Itaim Bibi, Subprefeitura de Pinheiros.

Art. 2ºAs despesas decorrentes da execução desta Lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

Art. 3ºEsta Lei entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Sala das Sessões,

FLORIANO PESARO
Vereador – PSDB

 

Imprimir Versão para Impressão

Justificativa

JUSTIFICATIVA

O presente Projeto de Lei tem por objetivo denominarRua Mary SarkisMaldaun, o logradouro público livreinominado com início entre o entroncamento do final da Rua Joaquim Floriano e início da Rua Iguatemi e término na Rua Horácio Lafer.

Mary SarkisMaldaun, dedicou sua vida ao trabalho humanitário, foi uma das fundadoras do Hospital do Coração – Hcor,e da Associação do Sanatório Sírio, local em que auxiliava as crianças órfãs a se recuperarem em razão da Primeira Guerra Mundial, devolvendo a elas o direito de sonhar.

No ano de 1947, no Sanatório Sírio de Campos de Jordão, Maldaun, atendeu diversos pacientes carentes tuberculosos e desenvolveu com outras pessoas um extraordinário trabalho social. Foi diretora do sanatório entre os anos de 1938 e 1955, se dedicando integralmente àquela sociedade.

Mary SarkisMaldaun nasceu na cidade de Nova York, em 26 de Novembro de 1912. Com um ano de idade veio com seus pais para o Brasil, que fixaram a residência da família em São Paulo. Naturalizou-se brasileira no ano de 1955, e recebeuuma comendapela naturalização do presidente Getúlio Vargas.

Mary, ao lado de seu marido, AbibMirchedMaldaun, também trabalhou em diversas obras sociais em conjunto com a colônia síria libanesa e em benefício da comunidade árabe e da população.

Em São Paulo, prestou grandes gestos de filantropia junto a orfanatos e asilos da capital, bem como ao lar beneficente Sírio e outras entidades da colônia árabe. Faleceu aos 76 anos no ano de 1988, e antes de falecer doou seus bens em vida.

Por dedicar sua vida em prol da coletividade, a denominação tem como objetivo preservar a memória histórica e homenagear uma grande defensora dos direitos sociais.

Diante do exposto, justifica-se a importância desta nominação, por sua obra, seu trabalho social e sua extrema dedicação à caridade, em justa homenagem, pretende o proponente o apoio dos nobres vereadores.

FLORIANO PESARO
Vereador – PSDB

Imprimir Versão para Impressão