Destaques

01/10/2015

Jornal Diário de S. Paulo – entrevista e artigo

Em 28 de setembro de 2015, o jornal Diário de S. Paulo publicou entrevista e artigo sobre idosos.

Veja!

Diario de S Paulo entrevista idoso Diario de S Paulo artigo Idoso

 

O artigo, na íntegra:

Dia do Idoso visa sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento

O dia 1º de outubro, instituído pela Organização das Nações Unidas – (ONU) como o Dia Internacional do Idoso, tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento.

Há o que se comemorar? Com certeza, no Estado de São Paulo, sim.

Mantendo o firme propósito de melhorar a vida das pessoas e, ao mesmo tempo, enfrentar o desafio de implementar políticas públicas para uma sociedade mais envelhecida, o governador Geraldo Alckmin instituiu em 2012 o programa São Paulo Amigo do Idoso.

O Programa, que se baseia no conceito do envelhecimento ativo da ONU, cria, pela primeira vez no Brasil, um Estado Amigo da Pessoa Idosa sob uma perspectiva que envolve as diversas faixas etárias da população, órgãos e entidades públicas e privadas. O programa visa valorizar a pessoa idosa, garantir e defender seus direitos. A palavra “ativo” refere-se à participação contínua do idoso nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar fisicamente ativo ou de fazer parte da força de trabalho.

Para envolver os diversos setores da sociedade, o São Paulo Amigo do Idoso criou o Selo Amigo do Idoso, uma certificação oferecida a municípios, órgãos estaduais da administração direta e indireta, além de entidades públicas e da sociedade civil a fim de que desenvolvam ações referenciadas pelo São Paulo Amigo do Idoso. Em 11 Secretarias de Estado e no Fundo Social de Solidariedade são implementadas ações dentro dos quatro pilares do programa: Saúde, Participação, Proteção e Educação.

O São Paulo Amigo do Idoso é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e colocado em prática por meio da conjugação de esforços de onze Secretarias e do Fundo Social de Solidariedade, cujos representantes integram a Comissão Intersecretarial do programa. A comissão tem o foco de potencializar as ações estaduais em curso, implementar novas ações e acompanhar resultados dos Selos Amigo do Idoso já criados para certificação de municípios e hospitais que executarem ações referenciadas pelo programa.

Muito foi feito. Há ainda por fazer para que o idoso qualifique sua participação na sociedade e seja o agente da mudança que transformará o território em que vivemos em um espaço amigável a todas as idades.

Floriano Pesaro

Secretário de Estado de Desenvolvimento Social