Destaques

18/10/2017

Governador Geraldo Alckmin e Floriano repassam R$ 14 milhões para população de rua da cidade de São Paulo

“Nesta segunda-feira, dia 9 de outubro, às 15h, o Governo do Estado repassou R$ 14 milhões do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) para a Prefeitura de São Paulo. Os recursos serão usados para atender a população em situação de rua na cidade de São Paulo. Além disso, foi repassado o valor de R$ 32,8 milhões para as Comunidades Terapêuticas do Programa Recomeço, e R$ 950 mil para a Organização Social Casa de Isabel, que administra a Casa de Passagem Recomeço.

O evento aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, e teve a participação do governador Geraldo Alckmin; do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro; e do prefeito da Cidade de São Paulo, João Doria, do padre Haroldo, representantes da Febract (Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas), diretores das Drads (Diretorias Regionais de Assistência Social), da coordenadora do Programa Recomeço, Gleuda Apolinário, gestores e técnicos dos serviços.

O valor de R$ 32,8 milhões irá para a Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas (FEBRACT), responsável por gerenciar as 56 Comunidades Terapêuticas que acolhem 1.335 dependentes químicos pelo Programa Recomeço. Já, o montante de R$ 950 mil será repassado para a Organização Social Casa de Isabel, que administra a Casa de Passagem Recomeço. Este é um serviço socioassistencial de Acolhimento Institucional, também do Programa Recomeço, voltado para usuários de substância psicoativas que estão em processo de saída da situação de rua ou das Comunidades Terapêuticas, ou para serem encaminhados às famílias durante a recuperação.

“Esse repasse nos dá a garantia de que, juntamente com o governador Geraldo Alckmin, seguimos no caminho certo, no sentido de oferecer cada vez mais qualidade de vida para a população do Estado. Os recursos contribuirão nos programas sociais de São Paulo”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro.

O governador Alckmin destacou a importância das parcerias. “A melhor parceria que a gente pode fazer é com os governos locais, que é o governo que está mais perto da população. De outro lado, é a parceria com as entidades, que realizam um trabalho dedicadíssimo e com muito amor para a recuperação dos dependentes químicos”, afirmou o governador.

O montante de R$ 14 milhões irá cofinanciar os serviços de Centro de Acolhida II 24 horas, chamados de Centros Temporários de Acolhimento (CTA), que têm o objetivo de acolher provisoriamente pessoas em situação de rua; e os três serviços emergenciais “Atende”, que atuam na região da Cracolândia.”

Fonte: Assessoria de Imprensa. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo