Noticias

08/06/2014

GLORINHA COHEN- Nota de repúdio aos atentados antissemitas na Europa- Por Floriano Pesaro

floriano

O fanatismo já mostrou antigamente onde pode chegar. Não podemos deixar que a indiferença leve a consequências impensáveis.


217_ESPECIAL_3

Quero expressar meu veemente repúdio diante de dois atentados vis ocorridos neste fim de semana na Europa.

O assassinato de quatro pessoas no museu judaico de Bruxelas, sendo um casal israelense e uma voluntária e um jovem de 24 anos e o ataque a dois irmãos nos arredores de Paris, ao lado de uma sinagoga.

Estes atos violentos mostram como a Europa se torna cada vez mais um, barril de intolerância e como nós devemos elevar nosso tom de denúncia contra esta irracionalidade.

Até onde deixaremos isto ir? Onde será o nosso basta?

Os tempos clamam por uma ação mais efetiva de todos contra o antissemitismo que está tão ascendente. As autoridades devem ser um pouco mais proativas no sentido de prevenir que atos semelhantes aconteçam.

O fanatismo já mostrou antigamente onde pode chegar. Não podemos deixar que a indiferença leve a consequências impensáveis.

Hoje, fica aqui minha revolta por tanta violência, meu pesar pelas vítimas inocentes e meus votos de restabelecimento para os feridos.

Mas, antes de tudo, fica aqui, minha voz de denúncia, de alerta, para que atos abjetos como estes dois de Bruxelas e de Paris não se tornem simples banalidades e sejam sim, denunciados e repudiados tal como são: atentados ANTISSEMITAS CONTRA A VIDA DE INOCENTES.


FLORIANO PESARO – É sociólogo e vereador em São Paulo.