Noticias

06/10/2014

G1- Dois vereadores de SP são eleitos deputados federais e 5, estaduais

Sete dos 18 vereadores paulistanos que se candidataram nas eleições deste ano conseguiram se eleger. Antônio Goulart (PSD), e o  líder do PSDB, Floriano Pesaro (PSDB) conseguiram mandatos de deputados federais a partir de 2015.

Paulo Frange (PTB), Conte Lopes (PTB), Eliseu Gabriel (PSB), Netinho de Paula (PCdoB) e Senival Moura (PT) também buscaram vagas na Câmara dos Deputados, mas não se elegeram.

O atual presidente da Câmara Municipal, José Américo (PT), conseguiu uma vaga na Assembleia Legislativa e sua saída no final do ano abre espaço para outros petistas na eleição da Mesa Diretora em janeiro de 2015.

Coronel Camilo (PSD), Coronel Telhada (PSDB), Marta Costa (PSD) e Trípoli (PV) também foram eleitos deputados estaduais.

Disputaram o  mesmo cargo, mas não se elegeram os vereadores José Police Neto (PSD), Marco Aurélio Cunha (PSD),  Gilson Barreto (PSDB) e Marquito (PTB).

Candidatos a governador, os vereadores Gilberto Natalini (PV) e Laércio Benko (PHS) perderam  no primeiro turno para o candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB).

Candidatos a governador, deputado estadual e deputado federal nas eleições de outubro deste ano formaram a maior “bancada” da Câmara Municipal de São Paulo, um total de 36,3% dos 55 parlamentares.