Discursos

05/02/2014

Escolas Estaduais de tempo integral

Sr. Presidente, quem, como diz o nobre vereador Andrea Matarazzo, é um orgulho da nossa bancada, Srs. vereadores, cumprimento os nobres vereadores da minha Bancada – Mario Covas Neto, Andrea Matarazzo, Coronel Telhada, Eduardo Tuma, Gilson Barreto, Aurélio Nomura, Patrícia Bezerra – e os demais Srs. Vereadores – Reis, Presidente da Comissão de Educação junto comigo, Ota, Abou Anni, Alfredinho –, desejando a todos um bom ano.

Que possamos, neste ano – que será bastante tumultuado, com a realização da Copa do Mundo e de eleições –, continuar fazendo o bom combate a este Governo Municipal que em nossa visão é ruim, ineficiente, ineficaz e gastador. Gasta mal o dinheiro público. Arrecada muito. Temos a maior arrecadação da história de São Paulo, com mais de 50 bilhões orçados, e queria arrecadar mais, tirando recurso do bolso do paulistano para inchar a máquina com os companheiros, companheiras e camaradas. São 1.200 cargos de confiança, providos sem concurso público. São seis novas secretarias, criação de departamentos, empresas, direção; enfim, a gastança típica do Partido dos Trabalhadores, quando está no poder. A ideia é gastar o dinheiro público e de preferência com os amigos, com os colegas, com os companheiros e assim por diante.

Mas, neste momento, não vou desperdiçar o tempo que disponho para falar mal do Governo Haddad, porque vou passar o ano inteiro fazendo isso. Infelizmente – para azar da população paulistana -, dificilmente este Governo vai conseguir oferecer à cidade de São Paulo algo que, de fato, possa mudar a qualidade de vida das pessoas. O PSDB nunca torce para o “quanto pior melhor” como fazia o PT conosco. Nós queremos construir, mas está difícil. Está muito difícil. A arrogância e a prepotência do Sr. Prefeito daria um filme.

Apesar de tudo isso, quero trazer uma boa notícia. Em compensação, no Governo do Estado de São Paulo, o Governador Geraldo Alckmin – que é uma unanimidade, faz um governo competente e entrega aquilo que promete – anunciou a criação de mais escolas de tempo integral, que é marca tucana, do PSDB. O Estado de São Paulo passa a contar, então, já a partir deste ano letivo, com mais 113 unidades educacionais com aula em tempo integral.

O Governador Geraldo Alckmin fez o anúncio na Escola Estadual Professor Milton da Silva Rodrigues, na Freguesia do Ó – terra do nobre Vereador Claudinho de Souza que, aliás, estava representando a Bancada Tucana nesse lançamento. Foi proposta de S.Exa. que esse programa se iniciasse pela região da Brasilândia e da Freguesia do Ó. Essa escola já faz parte do programa de escola em tempo integral – o bairro não contava com isso – graças ao nobre Vereador Claudinho de Souza. Quero destacar esse fato ao povo da Freguesia do Ó, da Brasilândia e adjacências.

A expansão do programa Escola em Tempo Integral significa que mais 55 mil estudantes terão acesso a ensino de ponta em tempo integral. São hoje 182 escolas trabalhando nesse novo modelo. E mais! O PSDB, o Governo Tucano, o Governador Geraldo Alckmin dobrará esse número até 2015. Esse compromisso está não só no Plano Plurianual do Governo do Estado de São Paulo, mas também no projeto de Lei Orçamentária, que está sendo elaborado para ser encaminhado à Assembleia Legislativa no final do mês de maio.

Essas escolas não deixam a desejar quando comparadas às escolas particulares. Isso é interessante. Nelas o estudante terá acesso a toda tecnologia educacional de ponta, com professores bem formados e bem remunerados. Todas as unidades contam com lousa digital, laboratório, 120 laptops para as três áreas com aulas programadas, todo apoio pedagógico e toda tecnologia disponível para a educação.

Como bem lembrou o Secretário Estadual de Educação, Sr. Herman, as escolas que funcionam no novo modelo de tempo integral trabalham com currículo unificado, matriz flexível e diversificada e ambiente alinhado com a realidade do jovem. Essas unidades oferecem disciplinas eletivas, estrutura com laboratórios e contam com professores de dedicação exclusiva, que recebem gratificação de 75% sobre o salário-base. Tudo isso para assegurar uma formação escolar pública, gratuita e de qualidade. Essas escolas já são referência e vamos ampliar ainda mais esse serviço na rede estadual.

O programa garante melhores condições de conclusão da educação básica, com ganhos de rendimento e desempenho escolar. Um dos focos é a formação integral do aluno, sempre alinhada ao projeto de vida que ele desenvolve enquanto estuda, com incentivo de professores e da direção da escola.

Vale destacar, nobres Colegas, outra ação pioneira do Governador Geraldo Alckmin. Neste ano, por meio de uma pareceria com o Sebrae-SP – tão bem presidido pelo Sr. Bruno Caetano –, o Governo vai capacitar 150 professores do ensino médio, que atuam nessas escolas, para lecionar aulas eletivas de empreendedorismo.

Parabéns ao Geraldo Alckmin e ao Bruno Caetano, por mais essa iniciativa empreendedora junto aos nossos jovens. A ideia é despertar nos alunos o interesse pelo mundo dos negócios, pela livre iniciativa e pela inovação. Afinal, são essas as molas propulsoras da nossa economia. O PSDB acredita do empreendedorismo.
Parabéns Geraldo Alckmin! Parabéns Secretário da Educação! Parabéns Bruno Caetano, Presidente do Sebrae-São Paulo!

Muito obrigado, Sr. Presidente.