Noticias

02/09/2009

Exposição mostra realidade dos moradores de ruas através de linguagens artísticas

Entre 2 de setembro e 4 de outubro, a Galeria Olido recebe a exposição “Olho da Rua”, que reúne o trabalho de artistas que refletem sobre o tema com o olhar de pessoas que vivenciam ou vivenciaram o universo das ruas. As exposições acontecerão de segunda a sexta, das 12h às 20h30, e sábados, domingos e feriados, das 13h às 20h30.

Estão programadas diariamente mostras de arte no 1º andar da Galeria. Além de atividades semanais como leitura da exposição e da revista Ocas, haverá sarau poético com "vendedores das Ocas" e interessados. Também está programada uma apresentação da peça de Sebastião Nicomedes e um bate-papo com a presença de todos os artistas.

O objetivo da exposição é ampliar a discussão e reflexão sobre o tema “Moradores de Rua” a partir de diferentes olhares. Por isso foram selecionados artistas das diversas áreas, como o fotógrafo Antonio Brasiliano, que encontra inspiração para seu trabalho em espaços urbanos como favelas, albergues e cortiços; Guto Lacaz e Celso Gitahy e suas impressões de tampas de bueiro usando guache e papel japonês e o artista plástico Eduardo Verderame, que foca os universos imaginários, utopias e desencantos e a decadência de códigos culturais.

Segundo Antonio Brasiliano e um dos organizadores da exposição, é preciso reafirmar a importância do assunto e da necessidade de propagação do tema e da qualidade dos trabalhos apresentados. Mas adverte: “Apesar de essa situação ser super importante, a população de rua é invisível a maior parte dos olhos. Queremos propagar o que está por todos os lados e ninguém quer ver".

SERVIÇO
EXPOSIÇÃO: “Olho da Rua”
LOCAL: Galeria Olido (av. São João, 473. Centro – Tel: 3397-0171)
DATA: de 2 de setembro a 4 de outubro, de segunda a sexta, das 12h às 20h30, e sábado, domingo e feriados das 13h às 20h30.
ENTRADA FRANCA

FONTE: Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Cultura