Discursos

07/08/2013

30/03 – Rodoanel Trecho Sul

O SR. FLORIANO PESARO (PSDB) – Boa tarde, Sras. e Srs. Vereadores e telespectadores que assistem a esta sessão pela TV Câmara São Paulo. Volto à tribuna muito impressionado com o tamanho da obra do Rodoanel Trecho Sul, que foi oficialmente entregue no dia de hoje pelo Governador José Serra.

Trata-se da maior obra viária do Brasil, a obra pública que mais empregou trabalhadores nos últimos anos. Realmente, uma obra que não só vai mudar a cidade de São Paulo do ponto de vista de seu tráfego, mas também da acessibilidade, do acesso às estradas que ligam o interior do Estado ao litoral paulista, como é o caso da Imigrantes e da Anchieta ligando-se ao Porto de Santos e a todo o interior de São Paulo e do Brasil.

Essa mudança do tráfego é muito importante para o País e mostra a eficiência dos governos tucanos do ponto de vista das realizações, pois não ficamos somente nas palavras. É curioso notar que se trata de uma obra monumental, de 5 bilhões de reais, em que o Governo Federal participou com pouco menos de 30%, portanto 70% vieram do Governo do Estado, da melhoria da arrecadação e da eficiência no gasto público, característica dos governos tucanos.

No dia seguinte, ao que vimos em Brasília, que foi aquela cerimônia, debochando do povo brasileiro, do lançamento de um tal PAC 2, quando nem 11% do PAC 1 está concluído e vendo a ministra Dilma Rousseft – que mal conseguiu levar adiante as obras do PAC e fez um processo, falava há pouco o Vereador Donato das privatizações das estradas paulistas, de privatização federal muito mal feito, caríssimo – chorar. A ministra Dilma chorava ontem no evento.

Enquanto o PT faz eventos para que a ministra possa chorar e no gogó ficar lançando proposituras que já foram lançadas, recolocar projetos e programas que já existem e que não foram concluídos, que foi a barbaridade de ontem do tal PAC 2, o Governador José Serra inaugura a obra do Rodoanel. Obra considerada monumental, que irá melhorar o fluxo de mercadorias de produtos e serviços no Brasil. Ligando ao Porto de Santos o maior porto que temos na América Latina, que faz todo o escoamento das exportações brasileiras. A responsabilidade por concluir uma obra de 5 bilhões de reais, são mais de 63 quilômetros de estradas em uma direção e mais 63 quilômetros na outra direção. Quase 30% dessa obra, são as chamadas obras de arte, do tubo pontes, alças de acesso. Realmente é algo impressionante pela competência e pelo tempo em que foi feito e entregue. Quero agradecer e parabenizar o Governador José Serra e o governo tucano no Estado de São Paulo por tudo que vem fazendo.

Em relação aos pedágios, de fato temos as 10 melhores estradas do Brasil. Fizemos uma privatização que privilegiou a manutenção e a construção de novas rodovias enquanto a privatização feita pela Dilma, pelo Governo petista, privilegiou o custo baixo do pedágio sem, no entanto, levar em consideração o custo de manutenção das rodovias. E é por isso que após dois anos de privatização, as rodovias federais continuam um lixo. Quem trafegam por elas sabem, que mesmo privatizadas pela Sra. Dilma Rousseft, continuam um lixo, enquanto que as estradas privatizadas pelos governos tucanos, Governadores Mario Covas, Geraldo Alckmin e José Serra, são estradas de Primeiro Mundo e vão continuar como estradas de Primeiro Mundo. Essa é a nossa responsabilidade ao governar.

Muito obrigado.