Discursos

08/08/2013

22/10 – Ataque à postura de Gabriel Chalita

O SR. FLORIANO PESARO (PSDB) - Sr. Presidente, Srs. Vereadores, gostaria de apresentar, se me permitem, o contraditório ao que o nobre Vereador Eliseu Gabriel acaba de encaminhar em relação à postura do meu partido, o PSDB, na cidade de São Paulo.
Digo isso porque o PSDB obteve nas últimas eleições, por votação democrática, direta e popular, a maior bancada desta Casa, com 13 vereadores. Grande parte reeleita, 11, salvo engano, reeleitos. Significa que a população de São Paulo, o paulistano, votou e aprovou a atuação dos vereadores do PSDB nesta Casa, reelegendo em sua maioria a nossa bancada.
Elegeu três novos vereadores, Vereador Floriano Pesaro, Vereador Souza Santos e Vereador Gabriel Chalita, que teve a maior votação da cidade de São Paulo, um pouco mais de 100 votos, pelo Partido da Social Democracia Brasileira, com o apoio de diversas lideranças partidárias, inclusive, talvez uma das maiores lideranças partidárias do partido que é o ex-Governador, atual Secretário de Estado Sr. Geraldo Alckmin. Teve também o apoio de vários colegas, da televisão que lhe foi dado durante a campanha eleitoral.
Gabriel Chalita foi vereador muito cedo, aos 19 anos. Foi também o primeiro Secretário de Juventude, até onde tenho registro, do Brasil; foi Secretário de Educação do Estado de São Paulo quando eu era seu colega adjunto na Casa Civil. Trabalhamos juntos. Essas foram as oportunidades que Gabriel Chalita teve dadas pela legenda do PSDB, que sempre lhe estendeu a mão e continuava estendendo.
A bancada do PSDB, numa reunião que eu diria histórica e recente, deixou claro ao nobre Vereador Gabriel Chalita que daria apoio irrestrito à sua pretensão em ser candidato ao Senado pelo PSDB. Juntos também tivemos a oportunidade de ocupar um espaço maior dentro do Partido, especialmente, na Executiva Municipal.
Ao nobre Vereador Gabriel Chalita, sempre dedicamos o maior diálogo, respeito e compreensão e a despeito de discordar de suas críticas em relação ao Sr. Secretário Paulo Renato, ex-Ministro da Educação do Governo Fernando Henrique Cardoso, e ao Governador José Serra, que, ao contrário do que V.Exa. dizia, faltava com o diálogo. Mas nas vésperas da saída de V.Exa. do PSDB, levou o Sr. Governador José Serra ao seu programa de televisão, em que teve a oportunidade de contar com a presença, boa vontade e com a altivez de S.Exa.
No entanto, o nobre Vereador Gabriel Chalita saiu do Partido e pretende se manter como Vereador, na legenda que pertence ao Partido. É muito difícil para o PSDB aceitar esse fato. Disse aos meus colegas de bancada que conhecendo os princípios morais e éticos do nobre Vereador Gabriel Chalita, não teria dúvidas de que V.Exa. mesmo proporia a renúncia ao seu mandato pela legenda do PSDB. Seria algo que viria da parte do próprio Vereador, uma vez que foi eleito pelo PSDB e, como jurista, sabe que o mandato pertence ao Partido. No entanto, não foi o que verificamos.
Quis me contrapor à questão levantada pelo nobre Vereador Eliseu Gabriel, dizendo que é um direito absolutamente legítimo e democrático do PSDB em solicitar a sua vaga, já que éramos 13 Vereadores e, neste momento, nos encontramos com apenas 12.
Muito obrigado.