Noticias

27/03/2012

Escolas municipais ganham Selo de Acessibilidade

O prefeito de São Paulo entregou nesta segunda-feira, 26, no CEU Lajeado, zona leste
da cidade, o Selo de Acessibilidade a 14 escolas da rede municipal de ensino, uma iniciativa da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED) para atestar edificações adequadas para a acessibilidade, de acordo com o
decreto 45.552, de 2004.

Durante a cerimônia, também foi assinado decreto que cria a Rede de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência, com a proposta de promovera qualidade de vida das pessoas com deficiência. “Esta é uma oportunidade para cumprimentarmos publicamente a todos aqueles que cumprem normas de acessibilidade. Hoje é uma oportunidade de apresentarmos o s resultados de um trabalho de integração que a cada dia produz mais resultados numericamente em um ato de cidadania, um direito de todos”, ressaltou o prefeito.

A Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA), órgão consultivo e deliberativo sobre as normas e legislação de acessibilidade na cidade, sediado na SMPED, vistoriou as
unidades educacionais para verificara conformidade dos dispositivos de acessibilidade. As reformas ficaram a cargo da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb).

Durante o evento, o titular da SMPEDdestacou a importância simbólicao selo: “A cidade estava sem investimentos em acessibilidade. Nós tínhamos parte da sociedade excluída, com crianças que viviam fechadas, sem oportunidades de estudar, trabalhar eaté de se relacionar. Para resolver isso,a nossa secretaria foi criada, fortalecendo políticas públicas, envolvendo secretarias de todas as áreas para estender toda a atenção necessária a essas pessoas”, afirmou.

Desde 2005, todas as escolas municipais são construídas com acessibilidade.
Já as unidades mais antigas, cujomodelo arquitetônico permite, passam por reformas para a adaptação. No ano passado, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Ricardo Vitiello, do Capão Redondo, zona sul,foi contemplada com o selo.

PROGRAMA INCLUI

Desde 2010 o Programa Inclui da Prefeitura atua para fazer as escolas municipais cada vez mais adaptadas e acolhedoras para os 17 mil alunos com algum tipo de deficiência atendidos na rede. Para isso, 500 Auxiliares de Vida Escolar (AVEs) acompanhamos estudantes com deficiências severase que não têm autonomia e oferece 356 Salas de Apoio e Acompanhamento à Inclusão (SAAIs) e200 veículos acessíveis do Transporte
Escolar Gratuito (TEG).

Fonte: Diário Oficial do Município