Discursos

25/07/2013

01/03/2012 – Sessão Solene em homenagem aos 50 anos do Centro de Valorização da Vida – CVV

Sr. Presidente, nobres Vereadores, telespectadores da Tv Câmara São Paulo. Boa tarde.

Hoje teremos aqui nesta casa, a partir das 19:30, no Salão Nobre, Sessão Solene em homenagem aos 50 anos do Centro de Valorização da Vida – o CVV.

Organizada em parceria com o Vereador Paulo Frange, homenagearemos os parceiros, a Diretoria e todos os voluntários que fazem com que essa verdadeira rede de valorização da vida possa funcionar de fato. Resgatando vidas, valorizando o ser humano e oferecendo uma perspectiva de melhora a todos que ligam para o famoso 141.

A data escolhida não foi por acaso. Hoje, dia 1 de março, é comemorado na cidade de São Paulo o Dia da Valorização da Vida. O CVV tem um trabalho intenso neste sentido, pois a melhor prevenção ao suicídio, já considerado um problema de saúde púbica, é uma simples conversa franca e sem julgamentos.

Para termos uma ideia, em 2009, o próprio CVV divulgou um dado preocupante: 5 em cada 100 mil brasileiros, com idade entre 15 e 24 anos, cometem suicídio.

E o pior é que esta estatística está bem longe da realidade. Vergonha, motivos religiosos e necessidade de receber pagamentos de seguros de vida fazem com que a família camufle as informações, distorcendo as estatísticas. Daí a importância de agirmos antes. De termos uma canal aberto aos que necessitam.

Há 50 anos, a entidade atua com sua equipe de voluntários – que atualmente, somam 200 pessoas – realizam cerca de 1 milhão de atendimentos todos os anos, oferecendo conforto a todas as pessoas que buscam apoio emocional, sentem necessidade de conversar e, principalmente, serem ouvidas.

O que é fundamental. Ainda mais nos tempos atuais em que a agitação do nosso dia a dia, com aparelhos telefônicos celulares, correios eletrônicos, a velocidade das notícias em tempo real, via TV, Internet e outros meios, faz com que estejamos em constante situação de aceleração e, muitas vezes, nos esqueçamos de lançar um olhar mais cuidadoso a quem está ao nosso lado.

Este é o grau de importância do CVV. A organização oferece este ombro amigo capaz de ouvir e orientar, quando preciso. O resultado pode salvar vidas de pessoas em estado de desespero ou angústia.

Enfim, no dia de hoje, em que paramos para repensar e celebrar a vida, nada melhor do que ter perto de nós essas pessoas, e lhes prestar a devida homenagem.

Estão todos convidados.

Muito Obrigado.